A inovação na Cultura Organizacional

“Escolher uma tecnologia certa é certamente o maior desafio das organizações”

Sem dúvida, a tecnologia revolucionou todas as áreas de nossas vidas e as empresas não escaparam dela. Ajudou-nos a simplificar processos e até a mudar o DNA de uma organização que anteriormente parecia impensável; por exemplo, que uma empresa de tabaco inclua em sua visão a venda de cigarros. Quando se trata de avançar no ritmo marcado pela tecnologia, não há alternativa: inovar ou ser relegado ao passado.

Nessas etapas, começam a aparecer termos no mercado, como o Industry 4.0 ou o Industrial Revolution 4.0, que consiste em mudar a maneira como os processos de produção são organizados. Sem dúvida, esse novo marco do desenvolvimento industrial marcará importantes mudanças sociais nos próximos anos e também redefinirá as funções executadas anteriormente pelas pessoas.

Tanto é assim que, na Colômbia, a Pesquisa Anual de Millennials Deloitte mostrou que 65% dos entrevistados no país acreditam que seus empregadores estão ajudando a prepará-los para a Indústria 4.0, permitindo-lhes focar em tarefas mais criativas, humana e com valor agregado. Um novo paradigma e uma nova maneira de enfrentar os desafios de trabalhar nos tempos de hoje.

Um grande exemplo de como vivemos essa revolução é a Amazon que graças à inovação possuem uma robótica mais acessível, além de conseguirem reduzir custos e permitir um melhor uso do espaço físico para varejistas on-line por meio de robôs autônomos. Essa tecnologia fornece assistência rápida e segura aos fabricantes, desde a coleta de produtos em um depósito até sua preparação e posterior envio.

Além disso, é notório que as organizações estão investindo em tecnologia para ajudar, medir e reter seus colaboradores.

No último estudo realizado pela empresa Deloitte e OnResearch, publicado em agosto deste ano, 500 executivos dos EUA foram entrevistados, dos quais um terço disse que suas empresas estão investindo mais de 5% de sua renda anual em tecnologia. No entanto, o desafio para as organizações ainda é escolher a tecnologia certa.

Muitas vezes, entregar a solução técnica não é suficiente se a adaptabilidade de nossos funcionários não for levada em conta antes das novas ferramentas, sua disposição para mudar e a dinâmica natural do setor ou indústria em que operamos.

O objetivo é ter uma solução e se sentir obrigado a usá-la corretamente. Portanto, a maneira pela qual as empresas decidem implementar essa tecnologia e apoiá-la no futuro é igualmente importante para mudanças na cultura organizacional.

Com certeza, há muitas vantagens oferecidas por fazer parte da mudança. Não podemos mudar o passado, mas podemos escolher o futuro, o que nos obriga não apenas a mudar o chip e a maneira como fazemos as coisas, mas também a gerar experiências positivas para mudar a maneira de ver e interagir com os colaboradores e clientes com empresas. Sem dúvida, a tecnologia nos permite desvendar o verdadeiro potencial das pessoas.

FONTE:

Avalie este artigo: 1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas 6 
X