Conselho de Administração e Tecnologia

Conselho de Administração e Tecnologia

O sucesso do passado não garante a prosperidade no futuro, se adaptar é necessário!

Nos últimos 20 anos temos testemunhado um processo de evolução tecnológica que muda completamente comportamentos e faz com que hábitos e rotinas se alterem rapidamente.

O advento da internet em passo com a evolução da eletrônica digital, nos proporcionou, além de diversos benefícios, termos a possibilidade de portarmos na palma de nossas mãos um computador potente e conectado ao mundo.

Essa dinâmica muita das vezes a frente do que o ser humano está apto a acompanhar trás o surgimento de uma nova geração, que fica marcada como por um comportamento mais individualista e 100% conectada pelo mundo virtual.

Também é fato que com a chegada dos smartphones foi decretado o fim dos segredos e da privacidade, trazendo o inicio de uma era de completa transparência, ética e valores que em algum momento foram esquecidos por alguns.

 Qualquer um com um simples smartphone pode reportar um ato ou ocorrência ilícita instantaneamente.

Fica difícil encontrar uma residência que não tenha pelo menos um aparelho micro processado e conectado à internet.

Nossas crianças crescem operando computadores, tablets, celulares e são cada vez mais usuais os amigos virtuais, que são maquinas interagentes e que desenvolvem seu conhecimento através da conversa e solicitações de seus donos, fornecendo respostas e comandos a outros equipamentos em praticamente tempo real, sem a necessidade de digitação ou acesso a um computador … tudo via voz, wifi, bluetooth e infravermelho !

Também no âmbito Organizacional, os desafios já não são mais aqueles enfrentados anteriormente, e como se já não bastassem os impactos da globalização e da concorrência internacional, as empresas e suas lideranças ainda se veem diante de um ritmo acelerado de mudanças e aumento da complexidade da competição.

Já são muitos os exemplos onde as ameaças surgem de novos competidores que oferecem soluções inovadoras e disruptivas para antigos problemas e,  se capitalizam, aproveitando do apetite de grande investidores, alcançando rapidamente níveis de escalabilidade exponenciais, não oferecendo nenhuma chance para um contra ataque dos antigos líderes.

De acordo com Mr. Richard Foster – McKinsey/Yale University:

75% das companhias listadas nas 500’s Mais da Standard & Poors serão substituídas por novos organizações na próxima década.

A evolução Digital abriu uma porta incalculável de oportunidades para os conhecedores profundos dos novos modelos de negócios, fazendo com que os métodos tradicionais de marketing já não sejam tão efetivos, além de, muito mais custosos que as mídia digitais e sistemas analíticos.

Essa é a grande vantagem competitiva que as empresas do século 21 trazem, em relação as do séculos anteriores.  (Organizações Exponenciais x Lineares).

Consequências :

Tamanha Evolução, nos força a repensar e reavaliar diariamente modelos consolidados, além de enfrentar no âmbito profissional desafios iminentes !

Já é consenso que o processo de transformação digital acabará com profissões e postos de trabalhos em todos os setores. De qualquer modo, sem ser pessimista e fazer coro com aqueles que olham para o futuro com a lentes do passado, acredito que haverá sim um período de transição e acomodação que forçará uma migração da força de trabalho para as novas profissões, necessitando de muito treinamento e capacitação para nos adequarmos, más o futuro se beneficiará muito desta situação.

Trago aqui um texto brilhante escrito por Artur Mendes (Jornal Estado de SP  – 19.10.2016):

“No século XVIII, Thomas Edison irritou acendedores de lampião. Em 1900, Henry Ford irritou cocheiros. Em 1920, Marconi irritou gravadoras, Nos anos 30 a TV irritou as rádios. Hoje Uber irrita taxistas, WhatsApp irrita teles, NetFlix irrita TVs e Tesla irrita petroleiros. Enfim, o progresso é a esperança dos povos e o desespero dos acomodados”.

Como disse o Mr. Jeffrey Immelt – Presidente do Conselho Administrativo de General Electric – GE , empresa centenária que decidiu migrar de uma plataforma de fabricante de Bens de Capital para se tornar um dos precursores da Industria 4.0, provendo serviços de monitoramento de plantas industriais, através de um a plataforma cognitiva (Inteligência Artificial):

 A ordem é desconstruir o passado para construir o futuro!

Não foi por acaso que a GE e outras grandes organizações decidiram mudar completamente seus modelos de negócios.

Todos sabemos que nos dias de hoje, o sucesso do passado não garante a prosperidade no futuro e o mundo está repleto de exemplos.

Foi assim que a Apple, que não conhecia nada de telefones, fundada em 1976, desbancou a liderança das gingantes e centenárias empresas como Nokia e Motorola em apenas 10 anos (a partir do lançamento do seu primeiro IPhone);

Spotify, fundada em 2008 praticamente faliu as centenárias gravadoras de discos e CDs,

NetFlix, fundada em 1997, foi desconsiderada pela Blockbuster (líder de mercado na época) e após 10 anos, esta se viu forçada a encerrar atividade por estar totalmente fora do tecnologia digital (streaming), e após 20 anos a NetFlix se consolida como a maior produtora de conteúdo cinematográfico do mundo ….

Enfim, exemplos como os acima existem aos montes !

A realidade é que fica muito difícil para uma organização linear quebrar suas estruturas e modelos consolidados, sem passar por um profundo processo de inovação e reestruturação.  Transformação envolve quebra de paradigmas e disruptura !

Disse a revista EXAME o futurólogo e professor na Universidade Stanford, Sr. Paul Saffo, após uma palestra na Singularity University.

Muitas vezes é preciso fazer hambúrgueres com suas vacas sagradas.

Esse é o grande desafio ! E como não incorrer no mesmos erros dos exemplos acima ?

Vários estudos nacionais e internacionais, abordam o tema e apontam a falta de conhecimento digital dos nossos Gestores e principalmente dos Conselhos Administrativos, responsáveis pelas estratégias das organizações.  Tal fato não trata-se de demérito algum, afinal, os maiores lideres que se encontram na frente das grandes empresas, foram treinados para focar suas energias em combater a concorrência, ganhar mercado e agirem de forma rápida em relação aos diversos cenários conjunturais, ou seja, enfrentar os Grandes e não olhar para jovens Start-ups, que surgem aos montes nas diversas incubadoras e centros de tecnologia no mundo !

Se a afirmação é correta, concluo que é de extrema importância estarem cercados de pessoas que entendam o mundo digital e analisem as oportunidades que este pode contribuir para seus setores / organizações, além é claro de procurarem meios de se educarem em digital, seja por leituras, treinamentos, estudos, além do auxílio de especialistas no assunto.

Nós na posição de CCI – Conselheiros certificados IBGC, diligente e seguidores das melhores práticas de Governança Corporativa, temos a obrigação de acompanhar todo esta transformação, beneficiando-nos das oportunidades e executando as mudanças necessárias, más sempre com as lentes do futuro e não com os receios do passado.

“É nossa total responsabilidade entender estes novos desafios, seja por conhecimento de membros do corpo de Conselheiros ou por Comitês de Inovação e Transformação Digital e assim, certificarmos que traçamos as melhores e mais eficientes estratégias para garantir o futuro das Organizações” .

Mãos à Obra  e sucesso !

SOBRE O AUTOR:

Hamilton Moreira Cunha Jr atuou por 26 anos em posições executivas no Setor de Bens de Capital – Automação Industrial e Energia Renováveis (PV). Formado em Eletrônica e Análise de Sistemas tem Pós graduação em Administração e Marketing (FGV) , MBA em Capacitação Gerencial  (FIA USP) e Especialização pela Escola de Negócios Ashridge Business School em Londres. Conselheiro Administrativo certificado pelo IBGC (CCI) , atua em Conselhos e Comitês de Transformação Digital, além de docência em tecnologia nos cursos de Pós Graduação – Universidade Ítalo Brasileiro. hamilton.cunha@hmc-consulting.com.br

 

Avalie este artigo: 1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas 5 

Você pode gostar...

X